terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Coisas da vida...

Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude, aprender a se colocar em primeiro lugar não é egoismo. Para qualquer escolha se segue alguma consequência, vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez, não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze. Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível. Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida, o que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente, não é preciso perder pra aprender a dar valor, e os amigos ainda se contam nos dedos.
Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida, e o que nunca deveria ter entrado nela. Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado, o tempo sempre vai ser o melhor remédio, mas seus resultados nem sempre são imediatos.

3 comentários:

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Verdade minha amiga,Chaplin é imortal por essas e outras "tiradas" que tanto nos fazem refletir.Aproveito para dizer que tem post"s novos em meu cantinho.Um grande abraço amigo, Rubi.

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Verdade minha amiga,Chaplin é imortal por essas e outras "tiradas" que tanto nos fazem refletir.Aproveito para dizer que tem post"s novos em meu cantinho.Um grande abraço amigo, Rubi.

Deivis disse...

Na verdade ninguém nunca vai saber oque você passa ou oque você já enfrentou...! Somente quem caminha o caminho é que, honestamente, sabe os passos que deu!