quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Tormentas...




 O que mais me assusta é esse silêncio dentro de mim, 
essa sensação de que tudo vai cair ao chão, 
despencar de uma altura sem fim. 
Essa ausência costumeira, hoje me assusta, 
me leva a crer que essa mesma ausência vai ter fim, 
dando lugar a um imenso vazio.

Pensamentos estranhos, dúvidas,dor, falta, tudo isso hoje é parte de mim...

Amanhã é outro dia...o sol novamente vai nascer
... e quem sabe com ele...

Um comentário:

Mariana disse...

Que lindo poema! Vou compartilhar com meus companheiros do trabalho no delivery em jardins, que todas as semanas um leva poemas e frases.